quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Suzuki Titan T500




Suzuki T500 - Clique para Ampliar


A Suzuki e o sonho de conquistar a América.
Bem no início dos anos 60 eles conseguiram fazer um bom motor de Dois Tempos com funcionamento macio, confiável e silencioso para a época, em um período em que somente os grandes motores de 4 tempos conseguiam reunir essas virtudes.

Suzuki T500 - Clique para Ampliar

Grande parte desse mérito é creditado a um ex funcionário da MZ (fabricante de motos da Alemanha Oriental ainda no período da União Soviética) chamado Degner e especializado em motores dois tempos que foi contratado pela Suzuki em 1961, exatamente para desenvolver um motor rápido. Eles precisavam tirar mais rendimento dos já confiáveis 2 tempos que vinham produzindo,  para que pudessem vencer algumas competições e ganhar espaço no mercado para a fabricante japonesa.

Suzuki T500 - Clique para Ampliar
 A partir desse momento os motores Suzuki de um ou dois cilindros passaram a ser considerados concorrentes das motos inglesas e americanas de quatro tempos e melhor ainda com preços muito menores.

Em 1965 a Suzuki lançou a T20 , uma dois cilindros de 247cc (Suzuki X6 Hustler), essa 250cc conseguia manter velocidade constante de 144 km/h.

Suzuki T500 - Clique para Ampliar
 Um ano e meio mais tarde aparecia no mercado a Suzuki T500/Five com um duplo cilindro de 493cc e câmbio de 5 marchas, ela tinha como concorrente direta a recém lançada Honda CB450 Bomber, uma moto lançada para concorrer diretamente com as inglesas de médio porte.

Suzuki T500 - Clique para Ampliar
 A Suzuki T500 foi lançada nos Estados Unidos como “T500 Cobra” mas logo foi obrigada pela Ford a mudar o nome para T500 Titan e ficou conhecida nos Estados Unidos pelo seu baixo custo e grande durabilidade, as revistas diziam que ela era a prova de balas.

Suzuki T500 - Clique para Ampliar
 Finalmente no final de 1972 elas foram superadas pelas novas GT de 3 cilindros e a partir desse período apesar do sucesso da linha GT que durou ainda alguns anos, a T500 ainda permaneceu no mercado até final de 1976 e nesse período se dizia nas revistas especializadas sobre elas o seguinte. "Seis anos atrás, a Titan era uma motocicleta revolucionário. Mas a revolução passou por ela e agora é simplesmente uma sólida, confiável e barata motocicleta. Desinteressante que não faz nada de excepcional mas também não tem falhas crônicas".
Mas a janela aberta para as motos de Dois Tempos estava se fechando devido as novas leis anti-poluição e elas acabaram sendo restritas às competições ou às motos de pequenas dimensões e ciclomotores onde o custo ou a potência falam mais alto.
Graças a ação de alguns colecionadores e antigos proprietários que não se desfizeram das antigas motos, podemos ouvir o ronco do bicilíndrico de dois tempos esticando marchas pelo trânsito nos finais de semana. 

Suzuki T500 - Clique para Ampliar
A T500 durante seu período de produção passou por muitas mudanças mecânicas e estéticas, mas basicamente manteve as características abaixo:

Suzuki T500 Titan
Anos de produção : 1968-1976
Potência: 47hp @ 7,000rpm
Velocidade máxima: 168 km/h (observada)
Motor: 492cc a 2 tempos, gêmeo, paralelo refrigerado a ar
Peso (seco): 185 kg
Consumo: 21 km/l

Suzuki T500 - Clique para Ampliar







Postar um comentário