sábado, 17 de outubro de 2015

Pilotos - Tempo, Tempo, Tempo


A paixão de Nivanor Bernardi por moto começou desde cedo, aos 11 anos, Na década de 70, quando o motocross ainda era desconhecido no país, o piloto já mostrava talento e garra, e cada vez mais se superava nas competições. Entre todos os anos que competiu, o apelidado Touro do Paraná ganhou inúmeros títulos paulistas e nacionais, era um piloto guerreiro e extremamente persistente, sabendo se aproveitar de sua força física.Teve grandes participações em competições internacionais. Isso mesmo, no exterior Bernardi tinha outro apelido, ficou  conhecido como “El Tigre” após ganhar de forma incrível a prova “Motocross de las Américas”, no Uruguai. Com 37 anos Bernardi parou de competir, pois o Motocross estava se alterando, se transformando em Supercross. Me lembro de ter assistido várias corridas de Niva sendo as primeiras em Rio Negro e também em uma antiga pista existente nos arrabaldes da vila Guaíra próxima a Avenida Kennedy em Curitiba.  Com o passar dos anos seu peso não contribuía para provas de salto apesar de ainda ágil  a idade também não o ajudava mais comparado aos concorrentes. Mesmo assim seria impossível sair do mundo do motociclismo. Muito ativo, o ex-piloto começou a chefiar equipes e logo após montou uma concessionária Yamaha em Curitiba. Infelizmente em 1995 Nivanor faleceu ainda jovem  em decorrência de problemas de saúde.
Para quem quiser saber mais sobre esse piloto recomendamos o artigo exemplar escrito por Ricardo Pupo para o Classicas70 no link
Abaixo




Postar um comentário