quarta-feira, 15 de julho de 2015

Dafra Horizon 250

Clique para Ampliar
Domingo 7 horas da manhã, lá fora o dia começa com boa perspectiva de sol e tempo bom. Na garagem a moto espera para pegar a estrada e é uma moto com características próprias para viagens curtas e sem pressa. 

A Dafra Horizon 250 é uma Custom totalmente preparada para te levar ao seu destino com muito conforto e economia, bom motor de 250cc, refrigeração líquida e freios a disco sendo duplos na dianteira, sempre gostei dessas motos com comportamento tranquilo, potência equilibrada e posição de pilotar favorável a grandes períodos rodando.


Nesse segmento já tivemos vários modelos no Brasil sendo algumas modelos de dois cilindros, a primeira de todas a Yamaha Viraguinho que mostrou ao brasileiro que ele não precisa vender a alma para comprar uma moto caríssima antes de pegar a estrada, depois vieram muitas outras como a Kasinski Mirage 250,  a  Dafra Kansas 250, a Shineray XY 250, a MVK Spyder entre outras menos conhecidas.O modelo Zero Km custa hoje  em tabela da Dafra alguma coisa perto de R$ 16.500,00.


Este modelo da Dafra é montado em Manaus e produto da Daelim grande fabricante Sul Coreano onde ela é chamada DAYSTAR, trata-se de uma mono cilíndrica  de duplo comando de válvulas que oferece 23,1 cv a 8000 rpm e injeção eletrônica e por tratar-se de moto com postura de estradeira tem entre eixos longo e peso próximo de 170 kg em ordem de marcha.
 
Clique para Ampliar
Observando de perto  percebe-se o bom acabamento, capricho no desenho e muitos, muitos cromados contrastando com o motor preto fosco estilo Harley, algumas partes plásticas dos dois lados do motor passam a impressão de que ela seja maior e lembra em muito as motos estradeiras maiores, com rodas aro 18 na dianteira e 15 polegadas  na traseira com pneus largos para compor o visual custom.




Na hora da partida nota-se que ela só pode ser ligada se estiver em Neutro e tem uma luz de aviso que mostra que o apoio lateral está aberto, mas vamos colocar a Horizon na estrada.
Condução fácil, com guidão em boa posição e pedaleiras dispostas de forma a acomodar as pernas de maneira ergonômica possível, as pedaleiras não são muito largas evitando raspar nas curvas e o ronco do escape de saída dupla é forte e agradável, não tem conta-giros mas percebe-se a potência do motor nas rotações mais altas.




No trecho entre Curitiba e Morretes no litoral do Paraná conseguimos uma média de consumo próxima a 33 km/l, o tanque da Horizon tem 17,5 litros e sua autonomia é de no mínimo 500 km, mantendo velocidades próxima  de 100km/h sua velocidade de cruzeiro a tocada é tranquila e acreditamos que ela foi feita para andar na estrada nesse ritmo, somente notamos vibrações acima dessa velocidade mas mesmo assim ela guarda ainda fôlego para algumas ultrapassagens e retomadas firmes.


Realmente é uma boa custom e aqueles que esperam exclusividade, desempenho e conforto sem a necessidade de grandes investimentos poderão encontrar na Dafra Horizon uma opção válida, essa moto foi lançada no Brasil em 2013 e hoje elas  podem ser encontradas inclusive usadas por preços justo.

Clique para Ampliar
Ficha Técnica
Motor    monocilíndrico, 4 tempos, DOHC, 
Refrigerado a água
Cilindrada    250,2 cm³
Disposição do Cilindro    Vertical
Potência Máxima    23,1 cv / 8.000 RPM
Torque máximo    21,7 Nm / 7.000 RPM
Sistema de alimentação    Injeção eletrônica
Diâmetro x curso    73 X 59,8 mm
Taxa de compressão    11,3 : 1
Transmissão    5 velocidades
Altura    1.140 mm
Largura    790 mm
Comprimento    2.245 mm
Distância entre eixos    1.500 mm
Altura mínima do solo    145 mm
Altura do banco    725 mm
Peso seco    163,4 Kg
Peso máximo admissível    150 kg
Chassi    Berço duplo
Suspensão dianteira    Garfo Telescópico
Suspensão traseira    Bi amortecida
Freio dianteiro    Disco duplo
Freio traseiro    Disco
Rodas    Liga leve
Pneu dianteiro    18  M/C 47S
Pneu traseiro    130/90-15 M/C 66S                
Sistema de partida    Elétrica
Capacidade do tanque de combustível    17,5 litros | Reserva: 5,5 litros
Capacidade do óleo do motor (após drenagem)    1,3 litro
Ignição    Transistor (ECU)



Postar um comentário