terça-feira, 19 de maio de 2015

Honda CB125 - Anos 70

Clique para Ampliar



Uma moto que aparentemente não vai sair de linha nunca!

Sucesso comercial absoluto a linha CB125  da Honda  surgiu no mercado internacional em 1971 dando continuidade a projetos superados como o da CB92 e CB93 de 2 cilindros dos anos 1960, mas como sempre os técnicos da Honda acertaram em cheio criando uma pequena motocicleta de 125cc com motor de 4 tempos e comando no cabeçote.


A CB125 mostrou-se ágil, econômica e durável conquistando seu espaço sem nenhuma dificuldade e permanece ainda com seu projeto base conhecido como GLH125 mesmo que com outras denominações ganhando novos clientes em países em desenvolvimento onde o mercado precisa dessas motos e as consome de forma muito forte. 

Clique para Ampliar
 Brasil, Índia, Paquistão entre outros são o território dessa pequena lutadora, aqui entre nós no Brasil, após a proibição das importações em 1976 a Honda montou uma fábrica e lançou a CG125. Que ainda permanece no mercado com infinitas variações desse projeto base da CB.
Os concorrentes também se valeram desse projeto, primeiramente as outras indústrias japonesas, Yamaha, Suzuki e Kawasaki se viram obrigadas a lançar motos com a mesma configuração para não perder essa fatia do mercado, isso para não citar as  indústrias da China e Índia grandes vendedores e consumidores desse mesmo pacote base , todos eles baseados na velha CB125.


 A CB125 logo após seu lançamento em 1971 tomou o lugar que era ocupado pelas europeias de baixa cilindrada que em sua maioria eram motos com motores 2 tempos e projetos bastante desatualizados. A CB125 era uma moto leve,  velocidade acima de 112 km/h e consumo muito baixo se comparado a outras motos daquela época. 

Clique para Ampliar
 O motor de 122cc quando do lançamento do modelo era resistente e o comando de válvulas no cabeçote facilitava a manutenção, o conjunto se destacou com muita facilidade em relação a suas concorrentes e poderia ser comparada ao Fusca quanto ao sucesso de vendas e faixa de consumidores.
Hoje temos a atualização da velha CB125 incorporada em infinitas variações e marcas diferentes apresentadas em pacotes com ou sem freios a disco, CDI, Injeção Eletrônica, freios combinados, motores Flex, rodas de liga, suspensão mono-choque,  motor de 150cc e outros detalhes que se ajustam a esse projeto vitorioso.

Especificações:   1971 Honda CB125S
Motor: 4 tempos monocilíndrico, única árvore de cames
Diâmetro x curso: 56 milímetros x 49,5 milímetros = 122cc
Taxa de compressão: 9,0: 1
Ignição: bateria e bobina
Carburação: 22 milímetros Keihin
Potência: 12hp @ 9.000 rpm.
Torque: 8.9kW @ 8.000 rpm
Transmissão: primário engrenagem, passeio final da cadeia, caixa de 5 velocidades com embreagem úmida.
Suspensão: garfos telescópicos amortecidas a óleo, braço oscilante traseiro.
Rodas / pneus dianteiros: 2,75 x 18, traseiros 3,00 x 18.
Freios: freios a tambor sapatas individuais dianteiro e traseiro.
Peso: 114 kg
Velocidade máxima: 112 kmh


Postar um comentário