sábado, 4 de abril de 2015

Yamaha YL1 - 100cc ou Yamaha Twin Jet




Clique nas fotos para Ampliar

Essa Yamaha de apenas 100cc foi uma grande guerreira de sua época, projetada e construida no Japão entre 1966 e 1971 onde para o mercado interno era vendida em uma versão com motor menor de 90cc,
não podemos esquecer que nesta época por lá o limite máximo era de 400cilindradas e as motos maiores fabricadas no Japão seguiam apenas para exportação,  veio para o resto do mundo com um bem equilibrado dois tempos de 100cc de dois cilindros (Gêmeos) tendo sido lançada no Brasil por volta de 1968.




Lembro dela descendo a rua sempre com uma nuvem de fumaça do óleo 2t em sua perseguição e o grito do motorzinho com dois escapes a pipocar estilo DKV, era uma moto de boa linhagem e trazia algumas características ainda antigas como a chave que ficava na tampa lateral esquerda embaixo do banco e a tampa direita escondia era um reservatório de óleo com um pequeno visor e os dois carburadorzinhos que nem sempre estavam equalizados e não pegavam na primeira pedalada.




Potência de 9.5hp a 8.500RPM era uma boa relação para a época ela era muito macia de câmbio e principalmente sua embreagem ajudava bastante no conforto da condução. Melhor que suas concorrentes da época era bonita e fazia sucesso na América onde era comercializada como modelo "Twin Jet 100" destacando os dois cilindros e dois escapes.

Clique para Ampliar


Alguns modelos vinham com espelhos, escapes e lateral do tanque cromados, o tanque tinha também protetores laterais de borracha estilo inglês e os para lamas eram pintados de cinza e seu guidão era alto estilo americano criando um impacto visual e aumentando seu real tamanho, esse pequeno motor de cilindros gêmeos foi o início de um processo de evolução que levou a Yamaha a produzir anos depois as fantásticas TZ125 de pista que ganharam o campeonato mundial de velocidade durante muitos anos.



Freios a tambor na dianteira e na traseira, câmbio de 4 marchas e um quadro de aço estampado com um fino suporte na dianteira entre o motor e a parte dianteira superior do quadro formavam o conjunto mais que suficiente para a pequena 100cc. Estilosa, muito estilosa. 






Postar um comentário