sábado, 21 de fevereiro de 2015

Garelli Katia
















Hoje o assunto é uma simpática Moped (moto com pedal) a Kátia Garelli ,
aqueles que já gostavam de motos nos anos 70 com certeza se lembram bem desse modelo.
A piazada/molecada sonhava em ter uma para ir a escola e impressionar as gurias
na hora da saída das aulas e ela também podia ser transportada nas férias em um automóvel para o 
parque, campo ou para a praia sem maiores dificuldades.



Clique nas fotos para ampliar

Essa simpática moto foi projeto da Garelli fabricante italiana que surgiu em 1919 pelas mãos de Alberto Garelli um projetista que trabalhava para a Fiat no 
desenvolvimento de motores 2 tempos.
Com o pequeno interesse demonstrado pela Fiat nos motores 2T Garelli vislumbrou a oportunidade  de fabricar motos e desenhou um modelo de 350cc que conseguiu em 1919 a proeza de percorrer os 520 km entre Milão e Nápoles a uma velocidade média de 38 km/h.





Estava criada a empresa que lançou dezenas de modelos de motores e ciclomotores até ser fechada em 1991. A melhor fase veio com final da segunda guerra mundial quando a Itália precisava de meios de locomoção e a Garelli lançou um motorzinho chamado Mosquito para ser adaptado em bicicletas que fazia até 70 km/litro, ele teve grande sucesso comercial e com este impulso muitos outros modelo vieram inclusive usando motores da fabricante Sachs. Em 1953 a fábrica foi vendida para a Agrati outro fabricante de ciclomotores italiano a partir daí houve expansão e chegaram a atuar fortemente na linha 125cc inclusive investindo na categoria nas pistas de Grand Prix sagrando-se campeã do mundo na categoria de pilotos e marcas entre 1982 a 1987 contra fabricantes com muito mais recursos.



A Garelli-Kátia chegou a Brasil com preços acessíveis e  tinha fortes concorrentes como as Mobiletes da Monark e várias outras que por  suas dimensões reduzidas e motores com menos de 49.9 cc podiam ser usadas por jovens e adultos sem habilitação, graças a algumas lacunas do código de trânsito podia-se usar ciclomotores e até andar de moto sem capacete dentro do perímetro urbano.

 



A Kátia tinha características interessantes principalmente sua altura total de 93cm que facilitava o uso por jovens
e crianças.
Motor 49cc - 2T
Peso 45kg
Tanque 2,2 litros
Velocidade máxima 44 km/hora
Foi fabricada na Itália, Brasil (Ibramoto) e Argentina.

Se tiver tempo assista esse vídeo do Youtube abaixo, onde o José Rossetto mostra a reforma  de uma Legítima Garelli, ele tem vários outros publicados basta procurar no Youtube.


Clique abaixo para assistir








Postar um comentário