quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Yamaha RX180



YAMAHA RX180


Lançada em 1980 usava a mesma base de motor de outras Yamahas da época como a RX125, buscava atingir um público mais maduro que já aspirava uma moto de média cilindrada, a RX180 com seu estilo "Custom" vinha com tanque em formato de gota, banco com dois níveis e guidão alto.  Oferecida em duas opções a Custon e a Avant, trazia freio a disco na dianteira e a novidade era o CDI (ignição transistorizada que eliminava o velho platinado). Motor 2 tempos com 1 cilindro, 5 marchas, Tanque 12 litros, 17,6 cv SAE , aros 18, velocidade máxima de 121 km/h. Teve uma boa aceitação no mercado.



Como já dissemos teve uma boa aceitação ajudando a consolidar a marca Yamaha no mercado.
Era uma moto muito boa sendo a moto mais potente fabricada pela Yamaha entre 80 e 85, mas também tinha algumas limitações como o sistema elétrico de 6 volts, e o câmbio, embreagem  e a relação que eram os mesmos da RX125 e apresentavam  problemas se fossem muito exigidos. Temos que entender que o processo industrial deve considerar outros fatores que não sejam apenas a qualidade do produto.





A suspensão dianteira do tipo Ceriani era eficiente e a RX180 era agil, rápida e fácil de pilotar com motor potente de 2 tempos. Conseguia uma boa média para uma moto 2 tempos fazendo entre 22 e 26 km/litro na cidade.




O estilo tinha as linhas que eram seguidas na época e algumas acabaram saindo com faróis, piscas e painel quadrados no modelo de 84, mas finalmente em meados de 85 foi retirada de linha abrindo espaço para outros modelos da Yamaha dos quais falaremos mais para a frente. 


Todo dia vamos falar de uma antiga que tenha rodado aqui no Brasil.

Postar um comentário